• Instagram

Diálogos Insurgentes debate Mídia, Poder e Democracia

Em 14/04/2016

Evento promovido pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) terá a jornalista Cynara Menezes (Socialista Morena) como convidada

Divulgação

A jornalista Cynara Menezes é a convidada da próxima edição dos Diálogos Insurgentes, que acontece terça-feira (19), às 17h, na Galeria do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande). Gratuito e aberto ao público, o evento é promovido pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), e tem como tema, nesta edição, “Mídia, Poder e Democracia: Porque democratizar a comunicação é democratizar o Brasil”. Entre os objetivos estão debater o papel da mídia no estado democrático de direito, contribuir para a ampliação da consciência crítica sobre o tema e apontar caminhos de intervenção, e possibilitar espaço de interlocução entre representantes de diversos setores.

“Mais do que nunca, o Brasil sente os efeitos de ter uma mídia hegemônica nas mãos de poucas famílias. O discurso único foi capaz de, ao longo dos anos, operar uma verdadeira lavagem cerebral na classe média que ainda lhe dá ouvidos contra a esquerda e o discurso progressista. É o que estamos vivendo no momento com a tentativa de impeachment. Apoiam a troca de uma presidente honesta por um grupo de políticos investigados pela justiça. A irresponsabilidade midiática não mostra preocupações com o futuro do país e sim uma obsessão em arrancar o PT do poder”, opina Cynara.

Na ocasião ela debaterá com Francisco Gonçalves, secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, doutor em Comunicação e Cultura e professor do departamento de Comunicação da UFMA. A mediação caberá ao sociólogo e radialista Ricarte Almeida Santos, secretário executivo da Cáritas Brasileira Regional Maranhão e apresentador do Chorinhos e Chorões na Rádio Universidade FM.

O debate é atual e necessário. De acordo com levantamento do projeto Os Donos da Mídia, seis redes privadas (Globo, SBT, Record, Band, Rede TV e CNT) dominam o mercado de televisão no Brasil. Essas redes controlam, em conjunto, 138 dos 668 veículos existentes (TVs, rádios e jornais) e 92% da audiência televisiva. A pesquisa revela ainda que, no Brasil, 271 políticos são sócios ou diretores de 324 veículos de comunicação. O quadro contradiz o que preceitua o artigo 220 da Constituição Federal: “os meios de comunicação social não podem, direta ou indiretamente, ser objeto de monopólio ou oligopólio”.

“Há uma demanda por conteúdo regionalizado em um país de dimensões continentais para que as pessoas conheçam mais de suas realidades e das diversidades do país, além da evolução tecnológica, com a convergência de novas mídias e o clamor popular de movimentos pela compreensão da comunicação como um direito humano”, alerta Igor Almeida, secretário adjunto de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular.

Cynara Menezes formou-se em jornalismo pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1987. Já passou pelas redações do Jornal da Bahia, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas IstoÉ/Senhor, Veja, Vip e CartaCapital. Atualmente é colunista da revista Caros Amigos. Desde 2012 Cynara edita o blogue Socialista Morena, definido como “de ideias e notícias com viés esquerdista”. O blogue é financiado por seus leitores. Fenômeno das redes sociais, a fan page Socialista Morena tem mais de 280 mil curtidas. No twitter, Cynara é seguida por mais de 64 mil usuários. Após o debate, aproveitando a passagem pela capital maranhense, ela autografará o livro Zen Socialismo – Os melhores posts do blog Socialista Morena (Geração Editorial).

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br