OUVIDORIA  |  

I Encontro Inter-religioso debate diversidade religiosa no contexto dos Direitos Humanos

13/11 13:48

divulgação

Com o tema “Diversidade Religiosa: conhecer, respeitar e conviver”, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), promove, nesta terça (14), das 13h30 às 17h, no auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o 1º Encontro Inter-religioso, com a participação de representantes das mais diversas representações e lideranças religiosas do estado.

O encontro tem o objetivo de debater formas de promoção do diálogo, respeito e convivência entre as diferentes denominações religiosas, além de criar uma agenda permanente, com a formação de um grupo de trabalho para pensar na constituição do Comitê da Diversidade Religiosa, como explica o secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves da Conceição.

“Trata-se de estabelecer um espaço de interlocução, respeito e solidariedade entre as diferentes comunidades religiosas, tendo como fundamento a promoção dos direitos humanos e da diversidade religiosa”, disse Francisco Gonçalves.

Para contextualizar as políticas voltadas para a defesa e promoção da liberdade religiosa no Brasil, o evento contará com a presença da consultora Andrea Guimarães, integrante da Assessoria da Política de Diversidade Religiosa do Ministério dos Direitos Humanos, que apresentará os dados publicados no livro “Intolerância Religiosa no Brasil – Relatório e Balanço”, lançado em janeiro deste ano, em alusão ao Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, 21 de janeiro.

Segundo dados da Secretaria Especial de Direitos Humanos, o país teve 697 denúncias de intolerância religiosa entre os anos de 2011 e 2015. O estudo foi coordenado pelo Laboratório de História das Experiências Religiosas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em parceria com o Centro de Articulação das Populações Marginalizadas (Ceap) e a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) — formada por representantes de várias crenças, do Ministério Público, do Tribunal de Justiça do Rio e da Polícia Civil.

“O relatório surgiu com a perspectiva de termos material sistematizado sobre dados da intolerância religiosa no país, com estudo focado em dez estados brasileiros. Ele é importante porque ainda temos muitas subnotificações, porque o sistema de justiça ainda não recebe denúncia. Alguns estados brasileiros já criaram delegacias especializadas. Nossa vinda ao Maranhão é também para sensibilizar a todas as instituições, poder público e sociedade civil sobre a institucionalização de espaços dentro do estado para o debate sobre liberdade religiosa e laicidade estatal como uma questão prioritária e transversal aos temas da educação, saúde, segurança e cultura”, destacou Andrea Guimarães.

A Portaria nº 92/2013-SDH/PR, de 25 de janeiro de 2013, instituiu o Comitê Nacional da Diversidade Religiosa. O comitê tem a finalidade de promover o direito ao livre exercício das diversas práticas religiosas, disseminando uma cultura da paz, da justiça e do respeito às diferentes crenças e convicções.

“A iniciativa do encontro é dialogar com a experiência da Assessoria Nacional de Diversidade e também dar início a uma agenda permanente no estado para a criação do Comitê Estadual da Diversidade Religiosa, no âmbito da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos”, pontuou Airton Ferreira, superintendente de Promoção e Educação em Direitos Humanos da Sedihpop.

Programação
A programação terá início às 13h30, com uma mística de abertura celebrando o respeito à vida e a cultura de paz e mesa de abertura, em seguida.

Às 14h30, será formado o painel de debate com o tema “Contextualizar a Diversidade Religiosa na perspectiva dos Direitos Humanos”, com a participação da consultora nacional Andrea Guimarães.

Após o painel, haverá um debate sobre o tema, às 16h, com os convidados: Reverendo Valdir Mariano de Souza, da Igreja Presbiteriana Independente de São Luís; Jô Brandão, yalorixá e filha do Ylê Axé Alagbede Olodumaré de Paço do Lumiar; e Fábio Sousa de Carvalho, diretor de unificação da Federação Espírita do Maranhão na mediação do diálogo.

SERVIÇO
O quê: I Encontro inter-religioso
Quando: 14 de novembro de 2017
Hora: 13h30 às 17h
Onde: prédio da faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UEMA – Rua da estrela, Centro Histórico de São Luís.

Endereço: Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,

Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5344

SEDIHPOP

Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular