Exposição de pinturas em tela destaca o talento dos adolescentes da Funac

10/04 13:54

Chiquinha, Dona Florinda, Quico, Seu Madruga e o eterno menino Chaves são alguns dos personagens do seriado “A Turma do Chaves”. A famosa série de televisão que marcou gerações agora é retratada como pinturas em tela, produzidas pelos adolescentes do Centro de Juventude Semear e Centro Socioeducativo da Região Tocantina, unidades da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) em Imperatriz.

As obras fazem parte da exposição “A Turma do Chaves”, que acontece desde o dia 2 de abril no Imperial Shopping. A ação integra o projeto “Fazendo Arte”, realizado há dez anos na unidade do Semear. No projeto os adolescentes aprendem diversas técnicas de pintura em tela, pirografia, pintura sob madeira e desenho livre durante a rotina socioeducativa.

Equipe Técnica do Centro de Juventude Semear. (Foto: Divulgação)

“A ideia do tema é para incentivar os adolescentes a reviver sua infância, resgatar suas memórias e se divertir através da pintura em tela”, explica oficineiro Edney Areia, que orienta toda a produção e criação das telas. “E eu gostei muito de aprender a desenhar os personagens, assistia quando era criança e hoje estou pintando eles”, conta um dos adolescentes participantes.

A coordenadora dos programas socioeducativos regionais, Eunice Fernandes ressalta que o foco é a ressocialização. “É uma forma de trabalhar as habilidades e despertar os talentos desses jovens. As oficinas de pintura servem também como uma luz para o projeto de vida futuro, onde ao encerrar o cumprimento de medida, podem aprimorar esse talento e transformá-lo em uma profissão”, destacou.

Com a exposição, além de apresentar o talento e a criatividade dos adolescentes à sociedade, o objetivo é divulgar os trabalhos realizados com socioeducandos em cumprimento de medida socioeducativa nas unidades de Imperatriz.

 

 

Visita especial 

A recepção do público à exposição tem superado as expectativas. De criança a idosos, todos têm conferido as pinturas e elogiado a qualidade dos trabalhos. “Recebemos desde elogios a mensagens de incentivo para continuar com o projeto e isso nos anima muito”, comemorou o coordenador técnico da unidade do Semear, Ricardo Alencar. Os adolescentes que pintaram as telas puderam conferir de perto o reconhecimento ao público.

 

Com o acompanhamento das equipes técnicas, um grupo de socioeducandos do Centro de Juventude Cidadã, que também participa do projeto, visitou a exposição no último final de semana e a interação foi positiva. “Isso, isso, isso, como diz o Chaves; esse é o Brasil que eu quero para as nossas crianças, adolescentes e jovens, que se envolvam com o desenho e deixe a criatividade fluir”, disse o visitante Carlos Castro, que se encantou com as pinturas. “Parabéns pelo belíssimo trabalho”, elogiou a visitante Edyl Carvalho.

Para quem quer prestigiar a exposição, as pinturas ficam disponíveis até o dia 30 de abril, das 10h às 22h. As telas estão disponíveis para a venda a preços simbólicos. Os recursos arrecadados serão revertidos na aquisição de outros materiais para o projeto.

Endereço: Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,

Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5330

SEDIHPOP

Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular