• Instagram

Sedihpop realiza o I Seminário de Formação sobre Direitos das Pessoas com Deficiência Visual

Em 31/05/2019

Nesta quarta-feira, 29, foi realizado o primeiro módulo do I Seminário de Formação sobre Direitos das Pessoas com Deficiência Visual, realizado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), por meio da Secretaria Adjunta dos Direitos da Pessoa com Deficiência, abordando o tema dos direitos humanos e marcos legais, sendo facilitado pelas pesquisadoras, Zeneide Cordeiro e Ivana Braga. Após um evento houve uma caminha audiodescritiva pelo centro da cidade, que já está decorada com o São João maranhense.

Durante o evento, a Secretária Adjunta dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Beatriz Carvalho, que mediou a palestra central do evento, afirmou que o Seminário é uma importante iniciativa na educação de direitos humanos direcionada as pessoas com deficiência e as pessoas que convivem e atendem esse segmento no cotidiano.

A palestra foi iniciada pela pesquisadora e Supervisora da Escola dos Conselhos da SEDIHPOP, Ivana Braga, que começou sua fala discutindo a construção da humanidade e como ela é primordial na democratização do acesso as políticas públicas, direitos que não devem ser tratados como mercadoria por implicar diretamente na dignidade das pessoas, mas que são vistos dessa forma por conta dos valores de desenvolvimento que a nossa sociedade capitalista impõe.

Pensando, especificamente, na eficácia das políticas públicas, Ivana lembra que ao discutir acesso à educação para pessoa com deficiência, por exemplo, é necessário vê-la em suas interseções com outras políticas, pois, em sua concepção, não basta oferecer mecanismos como Libras e Braille, se a pessoa não tiver acesso ao transporte público de qualidade, que lhe garanta o direito de ir e vir.

A pesquisadora, idealizadora e fundadora do projeto social “Resista como uma mulher cega”, Zeneide Cordeiro, deu continuidade as discussões recuperando o conceito histórico de direitos humanos e demonstrando que tal conceito não se encaixa na trajetória das pessoas com deficiência visual, que até bem pouco tempo eram consideradas incapazes. Zeneide recupera a forma como as pessoas com deficiência foram tratadas pelo Estado e a sociedade brasileira: da estigmatização ao assistencialismo até as lutas atuais por participação e mais autonomia.

O evento foi realizado em parceria com a Associação de Deficientes Visuais do Maranhão (ASDEVIMA), Centro Desportivo Maranhense para Cegos (CEDEMAC), Centro De Apoio Pedagógico Ao Deficiente Visual Do Maranhão (CAP/MA) e Escola de Cegos do Maranhão (ESCEMA).

Endereço:

Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,
Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5330

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br