• Instagram

Socioeducandos da Funac são qualificados pelo IEMA na área da construção civil

Em 8/08/2019

Funac construção

A área da construção civil é de grande interesse para os adolescentes que cumprem medida socioeducativa na Fundação da Criança e do Adolescente (Funac). Por isso, mais de 80 socioeducandos foram formados nos cursos de Pedreiro, Pintor de Obras, Eletricista Predial e Instalação e Manutenção de Ar-Condicionado.

As qualificações foram realizadas pelo Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) nos centros socioeducativos de Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Imperatriz e Timon, recentemente, resultado da ação intersetorial com foco na qualificação dos adolescentes para o mercado de trabalho.

“Os cursos são oportunidade para que os socioeducandos aprendam uma profissão, possam concretizar um novo projeto de vida no seu retorno à sociedade e, agora, mais preparados para o mercado de trabalho e com um certificado do IEMA que atesta o seu conhecimento”, destacou a presidente da Funac, Sorimar Sabóia.

As formações têm 40h/aulas em média, foram escolhidas pelos próprios alunos, de acordo com as suas aptidões e com o apoio das famílias, o que estimula a participação e o bom desempenho nas aulas práticas.

“O curso de pintor de obras foi muito legal e deu aprender muitas coisas como misturar as tintas, texturizar e dar acabamento na pintura da parede. Este é um conhecimento que utilizarei para o resto da vida, inclusive para a minha família”, disse um dos adolescentes de Timon.

Para os alunos que participaram do curso de Eletricista Predial, o diferencial foi a metodologia focada na prática. “Agradeço pela chance de participar do curso de Eletricista Predial. Gostei muito do curso, da metodologia, da didática e do incentivo do professor para que pudéssemos aprender e continuar estudando. O bom do curso é que eu já posso trabalhar por conta própria quando sair e pretendo aprimorar mais meu conhecimento”, comentou um adolescente, da unidade de São José de Ribamar.

“Os cursos foram muito bons, foi uma oportunidade que tive para me profissionalizar e conseguir um emprego melhor. Sinto que já estou um passo a frente, mais experiente e capacitado, com este conhecimento, porque aprendi uma profissão e meu terei certificado”, falou outro aluno, da unidade de semiliberdade de Imperatriz, que participou do curso de Pedreiro.

O acompanhamento da equipe técnica da Funac e de supervisores do IEMA foi fundamental durante todo o processo. “Sempre reforçamos com os adolescentes sobre a importância do interesse e participação como requisitos para a certificação. Isso fez com que eles participassem de forma satisfatória, mas também mantivessem o interesse deles no conteúdo, focados em aprender o conhecimento pertinente”, frisou a coordenadora técnica do centro socioeducativo de semiliberdade em Imperatriz, Janaína Pimenta. Além disso, a formação dos socioeducandos também beneficia os centros socioeducativos, por serem espaços para aula prática.

No curso de pintura, os adolescentes aprenderam as técnicas de preparo das tintas e paredes, pintura, uso das ferramentas de trabalho e acabamentos. “Nas aulas práticas, eles pintaram a unidade e o resultado foi maravilhoso; eles deram uma ‘cara nova’ aos espaços; ficou muito mais bonito e acolhedor para todos. Sentimos que eles ficaram orgulhosos do trabalho que executaram”, afirmou a coordenadora técnica do Centro Socioeducativo de Internação Provisória de Timon, Géssyka Alencar.

“Com muito empenho, a turma realizou a manutenção e a instalação de quatro ares-condicionados da unidade, e o benefício fica para todos que utilizam os espaços, com o conhecimento colocado em prática pelos adolescentes”, ressaltou a diretora do Centro Socioeducativo Sítio Nova Vida, Elivânia Estrela. Na avaliação dos professores, os alunos se interessaram bastante e têm potencial de empregabilidade nas suas áreas de formação.

Endereço:

Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,
Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5330

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br